Citações e fator de impacto não refletem relevância clínica da informação em saúde

Ivan Luiz Marques Ricarte, Maria Cristiane Barbosa Galvão, Fabio Carmona, Danielle Fernandes Santos

Resumo


O grande volume de publicação de artigos científicos sobrecarrega os profissionais da saúde que desejam seguir os princípios da prática de saúde baseada em evidência. Para avaliar se a quantidade de citações do artigo e o fator de impacto do periódico estão associados à relevância clínica da informação, considerando a perspectiva dos profissionais da saúde que assistem diretamente a pacientes, este estudo comparou citações recebidas por 26 artigos científicos, bem como o fator de impacto dos periódicos nos quais foram publicados, com a avaliação feita diretamente por profissionais sobre a relevância da informação contida nesses artigos para sua prática clínica. Os resultados obtidos demonstram que há baixa correlação entre a percepção da relevância clínica por profissionais e citações ou fator de impacto. Portanto, essa medida de relevância clínica reflete aspectos diferentes da quantidade de citações e pode ser utilizada em processos de translação de conhecimento e outras avaliações do impacto da pesquisa.

Palavras-chave


Prática clínica baseada em evidências; Uso da informação científica na tomada de decisões em saúde; Equipe de assistência ao paciente; Publicações periódicas

Texto Completo:

PDF PPT Vídeo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APDIS - Associação Portuguesa de Informação e Documentação em Saúde

Facebook da APDIS